Adriano Tanaka
OCP Oracle Cloud, OCP 11g, 12c
Adriano Tanaka

Instalando e preparando o Oracle Linux 6 para rodar o Oracle 11g ou 12c

Instalando e preparando o Oracle Linux 6 para rodar o Oracle 11g ou 12c

Para esse tutorial, iremos usar um host Windows e criar uma máquina virtual no VirtualBox rodando Oracle Linux 6.5 e já prepara-la para rodar um banco 11g ou 12c.

Configuração da máquina virtual:  – Nome da máquina: [OracleLinux]

– Sitema operacional: Oracle(64bit)

– Memória: 1024Mb

– CPU: 1 core

– Tamanho do disco: 42Gb

Iniciando a instalação

1-Essa é a tela de boas vindas de instalação do Oracle Linux 6.5, nela devemos selecionar a opção Install or upgrade an existing system . 

2-Caso queiram verificar a integridade do disco gravado, selecione a opção Ok, mas aviso que essa operação é muito demorada e não recomendada, por isso vamos selecionar a opção Skip . 

3-Existem diversas máquinas que são suportadas de forma oficial pelo Oracle Linux, em nosso ambiente essa mensagem vai ser apresentada, informando que nossa máquina não é homologada.

Em um ambiente de produção, isso deve ser levado em conta, se vamos usar o Oracle linux ou instalar uma outra distribuição que seja homologada para o banco de dados Oracle.

No nosso ambiente de teste, vamos dar um enter e prosseguir com a instalação. 

4- Depois dos passos inicias, somos apresentados a tela do inicio da instalação do Oracle Linux, ela é semelhante as telas de outras distribuições(Red Hat, CentOS, etc). 

5- Agora devemos selecionar o idioma e o layout do teclado, aqui recomendo já selecionar a opção ABNT2, pois depois do sistema instalado é meio confuso para trocar essa configuração.

6- Nesse momento, as configurações vão ser especificas do seu ambiente, agora iremos configurar opções de disco.

Em nosso ambiente, iremos selecionar a primeira opção Basic storage devices, clique nela e depois em Next 

7- Um alerta de que estamos zerando o disco vai ser exibido, clique em Yes, discard any data e prossiga 

8- Devemos selecionar o nome da nossa máquina, caso você possua um dominio, siga esse padrão para definir o nome da máquina: nome_da_maquina.dominio

Opcionalmente a rede já pode ser configurada, em nosso ambiente isso não é necessário pois iremos pegar um ip a partir de um dhcp. 

9- Selecione o local onde o servidor estará, isso irá ajustar o fuso horário da máquina. Selecione a cidade e clique em Next. 

10-

IMPORTANTE

Aqui a senha do usuário root deve ser entrada, coloque uma senha que você vai se lembrar, apesar de todo o gerenciamento do banco de dados ser feito com o usuário Oracle(por padrão), iremos precisar do usuário root para realizar algumas configurações. 

Caso a senha seja fraca, um alerta vai ser exibido, basta clicar em Use anyway que a instalação vai continuar. 

11- Nesse momento iremos criar o layout das nossas partições, isso aqui vai variar bastante em ambiente de produção, em nosso ambiente de teste, iremos criar uma partição de swap que é obrigatória para a instalação do banco de dados e depois iremos alocar o espaço restante para o /.

11a- Selecione a opção Create custom layout e clique em next.  11b- Clique no disco desejado e depois em Create  11c-Devemos selecionar a opção Standard partition, mas como sempre, isso vai variar de ambiente para ambiente.  11c-Selecione no File System type a opção swap e em Size(MB) configure de acordo com a quantidade de memória ram.

Aqui você encontra uma tabela com as configurações ideais de swap. 

11d- Depois vamos alocar o espaço restante para a partição /.

Clique novamente no disco e agora o tipo da partição deve ser ext4, marque as opções Fill to maximum allowable size e Force to be a primary partition 

11e- Esse deve ser o layout final 

12- Nessa tela não iremos mudar nada, apenas clique em next 

13- A partir desse momento, iremos selecionar alguns pacotes necessários para o banco de dados, o que vai facilitar bastante a nossa vida.

Marque a opção Desktop e depois a opção Customize now e depois Next

14- Vá em Server e marque a opção System administration tools

15- Clique em Optional Package e procure pelo pacote oracle-rdbms-server-11gr2-preinstall marque ele e depois em ok e Next 

16- Espere os pacotes serem instalados, já estamos quase terminando. 

17- Depois da espera, a tela de sucesso.

Clique em reboot e aguarde. 

Se tudo tiver corrido com sucesso, a tela de boas vindas vai ser apresentada e agora vamos para a parte final da nossa instalação

18- Aceite o contrato de instalação 

19- Caso você possua contrato de suporte com a Oracle, vá na opção Yes, como não possuimos, vamos na opção No e clique em forward 

20- Como selecionamos o pacote pre-install, não vamos precisar criar nenhum usuário, apenas clique em forward 

21-Confirme as opções de hora e fuso 

22- Caso a quantidade de memória seja suficiente, podemos usar o kdump nesse caso ele vem até desativado, clique em finish e finalizamos 

A tela mais aguardada, caso esteja vendo ela, estamos prontos para poder instalar o banco de dados, mas isso fica para um próximo tutorial.

Qualquer duvida na instalação, podem me enviar e-mails para adriano.tanakaa@gmail.com

#
Homepage      Linux      Instalando e preparando o Oracle Linux 6 para rodar o Oracle 11g ou 12c

Adriano Tanaka

Instalando e preparando o Oracle Linux 6 para rodar o Oracle 11g ou 12c
Para esse tutorial, iremos usar um host Windows e criar uma máquina virtual no VirtualBox rodando Oracle Linux 6.5 e já prepara-la para rodar um banco 11g ou 12c. Configur…
Scan QR code to continue reading
2015-12-01